A verdade de cada um....

"Talvez a verdade seja uma questão de ponto de vista e a mentira um ser mutável com o tempo torna-se aceitável, ficando a critério de cada um escolher a sua verdade... A mais agradável! "






 A única verdade é a realidade. Por essa razão, a verdade nunca é absoluta porque espelha a realidade que por sua vez é impossível de conhecer na sua total complexidade.
A verdade absoluta(realidade) seria algo como um diamante lapidado: podemos ver-lhe várias faces de um certo ângulo mas é impossível ver-lhe todas as faces simultaneamente. A realidade está constantemente em mutação, essa mutação processa-se em um ritmo cada vez mais rápido o que torna a realidade cada vez mais complexa......

Nietzsche


Sete sábios, cada um de uma religião, discutiam qual deles conhecia, realmente, a verdade. O mestre, que observava a discussão, aproximou-se e perguntou: "O que vocês estão discutindo?". Um deles respondeu: "Estamos tentando descobrir qual de nós é dono da verdade". Ao escutar isso, o Mestre, imediatamente, pediu a um de seus discípulos que trouxesse sete cegos e um elefante. Em seguida, solicitou que os sete sábios observassem o que aconteceria a seguir. Pediu aos cegos que tocassem, um de cada vez, o elefante e o descrevessem. O primeiro tocou a tromba e comentou: "É comprido, parece uma serpente". O segundo tocou-o no dente e falou: " É duro, acho que é uma pedra". O terceiro segurou-lhe o rabo e sorrindo disse: "É cheio de cordinhas". O quarto pegou na orelha e comentou: "Parece um couro bem grosso". E assim, sucessivamente, cada cego descreveu o elefante de acordo com a parte dele que estava tocando. Quando todos terminaram de descrever o animal, o Mestre perguntou aos sete sábios: "Algum desses cegos mentiu?" Os sábios responderam em coro: "Não senhor, todos falaram a verdade". Então, o Mestre perguntou: "Mas algum deles disse realmente o que é um elefante?" O silêncio tomou conta do templo, mas um deles resolveu arriscar uma resposta: "Não, nenhum cego disse o que é um elefante, mesmo porque cada um tocou apenas uma parte dele". E o Mestre concluiu: "Vocês, sábios, que estão discutindo quem é dono da verdade, parecem cegos. Todos estão falando a verdade, mas, como os sete cegos, cada um se refere apenas a uma parte dela. Ninguém é dono da verdade, porque ninguém a detém por inteiro. Somos donos, apenas, da parte da verdade que escolhemos analisar".

Comentários

Postagens mais visitadas