Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março 13, 2012
As pessoas confundem ter uma filosofia budista com levar a vida alheio as coisas e pessoas que nos cercam... Ter esta filosofia não é sair por ai perdoando a tudo e a todos em nome de uma filosofia budista...ou ficar no seu mundinho meditando... Ter uma filosofia budista e encarar as verdades.. praticar o desapego de tudo o que nos faz mal e nos faz bem tambem.. e aprender que nada é estatico... aprender o real valor das pessoas,coisas.. que não estão somente em nossos pensamentos e sim nas suas atitudes.. sendo assim atitudes são dificieis de serem perdoadas, mas seres humanos sim...( como diz Dalai Lama)..Ter uma filosofia budista é pensar no agora, porque só temos o hoje.. se procedo o bem me purifico e construo um melhor dia amanhã..caso contrário... Acabamos por perceber assim que tudo é transitório, que cada ação gera uma reação, e que nossas açoes acabam fazendo parte de tudo o que nos cerca...Visualizamos então que somos uno, e como unos devemos interagir para crescer...e…

Afinal... quem é o seu ego?

Muitos estudiosos como Buda, Freud, Jung e Sartre tentaram decifrar o ego, aquilo que você chama de "eu". A questão é: ele é você, mesmo? Há duas notícias, uma boa e uma ruim. A boa é que há um certo consenso, sim. A ruim é que o consenso mais complica do que explica. E o que vem a ser esse consenso? O ego pode ser o foco central da sua personalidade, como dizia Freud. Ou um monte de elementos agregados que parecem ser uma unidade, como querem os budistas. De qualquer forma, ele é só uma parte de você.Para saber como nasce o ego e como ele se desenvolve, observe um bebê recém-nascido. Com o tempo, o bebê passa a existir. Com 2 anos, a criança já tem uma perfeita noção de que está separada do mundo próximo - da mãe, do pai, dos brinquedos, da roupa e da comida. Surge o "eu", em oposição aos "outros". Essa sensação de identidade é o que vai garantir sua sobrevivência. O ego é necessário e vital nesse período.Assim a criança cresce, tendo a si mesma como ref…