Ansiedade e o Transtorno de Ansiedade Generalizada


O indivíduo que sofre de transtorno de ansiedade generalizada pode apresentar os seguintes sintomas:

-Tendência a cansar-se com facilidade;

-Hipervigilância,

-Sensação de que está no limite do nervosismo;

-Dificuldade de concentração e freqüentes esquecimentos;

-Irritabilidade;

-Tensão muscular;

-Dificuldade para adormecer ou sono insatisfatório;

-Preocupação com a possibilidade de doença grave ou acidente embora não existam indicativos de que essas coisas possam vir a acontecer;

-Tendência a assustar-se com facilidade e de forma intensa sem motivos justificáveis;

-Em alguns casos podem ocorrer sintomas físicos como: boca seca, mãos ou pés úmidos, enjôos ou diarréia, aumento da freqüência urinária, sudorese excessiva, dificuldade de engolir ou sensação de um bolo na garganta.

Observação:
Vale a pena ressaltar, que essas postaganes têm como objetivo elucidar e informar o público: não são ferramentas para diagnóstico. Se você se identifica com alguns destes sintomas, procure a ajuda de um profissional. 




Segundo o DSM-IV, manual de classificação psiquiátrica americano, existem vários transtornos ansiosos dos quais fazem parte o transtorno de ansiedade generalizada, o transtorno do pânico, os transtornos fóbico-ansiosos, o transtorno obsessivo compulsivo, entre outros. Pretendo elucidar aqui a diferença entre eles, começando pelo transtorno de ansiedade generalizada.



ansiedade é um estado emocional, sentido como antecipação de problemas, quase que um medo ou apreensão em relação ao futuro. As manifestações objetivas da ansiedade não são específicas, e existem sintomas somáticos e psíquicos indicativos da ansiedade.

Um estado ansioso pode ser normal ou patológico. De fato, todos sentem ansiedade quando se vêem diante de uma situação difícil ou estressante. Não existe mal nenhum em planejarmos para o futuro. Se por precaução refletimos, e buscamos uma solução para um problema, isso pode ser produtivo para o nosso desempenho, ou seja a ansiedade é um estado normal e é até necessária para a boa adaptação do indivíduo.


Entretanto, a ansiedade passa a ser considerada um transtorno quando o indivíduo a experimenta de maneira desproporcional, relacionada a preocupações excessivas e não realistas, em situações que a maioria das outras pessoas enfrentariam com pouca dificuldade.

Transtorno de Ansiedade Generalizada é caracterizado por uma ansiedade persistente e generalizada, que não ocorre exclusivamente numa determinada situação. Nesse caso, os sintomas chave são o medo e uma preocupação exagerada, desproporcional e difusa com em relação ao futuro, que acomete essas pessoas o tempo todo, gerando mal estar físico e psíquico. Essas pessoas estão sempre preocupadas e antecipando possíveis desgraças e catástrofes consigo ou com seus familiares.



Com o que não deve ser confundido:



Com o transtorno do pânico, pois embora no transtorno do pânico os pacientes também experimentem estados de ansiedade prolongada entre uma crise e outra, os pacientes de ansiedade generaliza não apresentam crises de pânico e sim estados permanentes e prolongados de desconforto ansioso.

Com a fobia social pois, embora esse transtorno tenha a ansiedade como um sintoma significativo, sua principal característica é o isolamento social a que o fóbico social acaba se impondo, o que não ocorre no transtorno de ansiedade generalizada.

Comentários

Postagens mais visitadas