Pular para o conteúdo principal

Frigidez (anorgasmia) e impotência.

Se pensarmos em duas pessoas maduras que se amam (ou se curtem) ,naturalmente chegariam no momento mais íntimo, mais lindo e mais profundo da sexualidade, podendo desfrutar do maior prazer e vivendo a realização desse ” encontro “. Mas às vezes ,isso não acontece nesse rítmo e nem nessa sintonia.

As pressões familiares ,o sentimento de culpa,os preconceitos ,os conceitos,as feridas que vão sendo abertas durante nossa vida…poxa!!!Tudo vai se somando e se transformando em uma grande barreira,atrapalhando o fluxo natural dos movimentos e dos sentimentos do indivíduo ,fazendo com que sua saúde emocional fragilize, tornando-o incapaz ,inseguro ,com muitos medos ,incapacitando-o de ser o Dono de sua propria vontade e desejo …

Subjacentes a todas as possíveis dificuldades sexuais ,existe o fator MEDO.

Se pensarmos no orgasmo e morte, o orgasmo (sendo uma forma de prazer extremo), ameaça o eu,pois libera uma força que não podemos mais controlar com o ego.O medo predomina na medida em que o ser humano está acostumado a querer controlar-se ,pois o êxtase significa perda do controle.

Em nossa sociedade o auto controle é fortificado e considerado uma virtude muito positiva e ,é ensinado com bastante entusiasmo às crianças .Claro que esse auto controle ,facilita a convivência social ,que nada mais é ,que ,controlar e relegar ao inconsciênte todos os desejos incompatíveis com a vida em sociedade.Assim esse desejo desaparece ,deixa de ser visível ;no entanto ,resta a questão do que acontece com ele daí por diante.Como concretizar-se faz parte da natureza de um desejo,ele se tornará visível mais tarde ,portanto ,o ser humano vive investigando energia no desejo ,enquanto quer controlá-lo e reprimí-lo.

Por essa razão ,o ser humano tem medo da perda de controle.Uma situação extática ou de embriaguez ,escancara a” boca do inconsciente”e permite que se torne visível tudo aquilo que estava escondido ,sob rígido controle.Nesse momento o ser humano fica de certa forma tão honesto ,que chega na maioria das vezes a sentir ,até um certo mal estar.Os antigos romanos já conheciam o ditado “in vino veritas”-no vinho está a verdade, e outros exemplos mais…A situação promove honestidade ,mas ,no âmbito social torna-se um pouco inquietante ,e “é por isso que devemos aprender a nos controlar”.

Se temos medo de perder o controle ,por esse motivo ,e nos habituamos a um rígido auto controle ,muitas vezes se torna muito difícil desistir desse controle egóico no âmbito sexual e relaxar,para que os acontecimentos sigam em seu curso natural.No orgasmo o “pequeno eu “é simplesmente eliminado ,morre.(infelizmente por algum tempo,caso contrário ,obter a iluminação seria mais tranquilo).Quem se apega ao eu ,impede o orgasmo.Quanto mais o eu forçar voluntariamente o orgasmo ,menor a probabilidade de êxito .Sempre que eu quero alguma coisa ,ela não é obtida .A vontade do eu ,acaba por obter o contrário :querer dormir nos deixa acordados,querer ter potência nos deixa impotêntes…

O orgasmo representa a renúncia do eu ,pois só assim é possível a unificação ,visto que enquanto existir um eu ,existirá um não -eu.,deste modo ,existimos na dualidade.A entrega e o deixar acontecer é exigido na mesma medida tanto da mulher como do homem ,caso queiram atingir o orgasmo.

A FRIGIDEZ mostra que a mulher não está preparadapara entregar-se plenamente .Não deseja submeter-se ,não deseja ser a dependente ,quer dominar ou ser fiel ao pacto infantil com esses pais.Esse desejo de domínio e essa fantasia de poder são expressão do princípio masculino e,portanto impedem a identificação plena da mulher com seu papel feminino,vindo a atrapalhar seu desenvolvimento sexual natural .

Isso confirma ,quando “as mulheres frias “com seus parceiros ,conseguem perfeitamente chegar ao orgasmo ,via masturbação.

No caso da masturbação , o problema entre dominar e entregar-se ao outro deixa de existir ,a mulher está só,não precisa deixar ninguem entrar ,exceto as proprias fantasias eróticas.O eu que não se sente ameaçado pelo tu ,tem mais tranquilidade para retirar-se voluntariamente para o segundo plano.No caso da”frigidez”,sempre se tem os medos da propria sexualidade ,principalmente quando os estereótipos são muito fortes,como ser uma mulher “direita ,uma prostituta,etc…”.A mulher frígida ,não quer deixar nada entrar ,mas tambem não quer deixar nada sair.ELA QUER PERMANECER “FRIA”.

O princípio masculino é a ação,a concretização e a criação.A potência é a expressão e símbolo de poder.A impotência é a falta de poder.Por trás dessa impotencia tem o medo da propria masculinidade e da propria agressividade.O homem tem medo de ASSUMIR SUA VIRILIDADE.Podemos pensar tambem .que a impotência seria a expressão do medo da feminilidade propriamente dita.O feminino é sentido como uma ameaça ,como algo que quer engolí-lo,ruim. O homem não quer entrar na “caverna da bruxa,”O homem impotente se identifica mais com o polo passivo e com o papel de submissão.Ele tem medo de conquistar .E aí se inicia um círculo vicioso ,quando se tenta obter a potência pela vontade e pelo esforço.Quanto maior a pressão para obter êxito ,menos possibilidade de obter ereção.

A impotência deveria servir como um ponto de partida para um melhor relacionamento, com questões de poder, realização de esforços e agressividade ,para então REAPRENDER a lidar com os temores subjacentes a esses problemas.

“PARA QUE LEVAR A VIDA TÃO A SÉRIO SE ELA É UMA INCANSÁVEL BATALHA ,DA QUAL JAMAIS SAIREMOS VIVOS? (Bob Marley)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

12 maneiras de jogar energia fora...

Por mais que existam pessoas desequilibradas e difíceis nós é que somos responsáveis pelas nossas energias e cabe a cada um de nós preservá-la e administrá-la da melhor forma possível. Existem “receitinhas”, orações, banhos, cristais e um arsenal de proteção, que são válidos e eficientes até um certo ponto. Porque aquele que não assume a responsabilidade por suas venturas e desventuras sempre estará vulnerável às energias ao seu redor. Sabe por que o outro rouba a sua energia? Porque você deixa a porta aberta!!! E depois ainda diz que a culpa é do outro… Para ajudar a refletir, fiz uma listagem de doze atitudes (e olhe que a lista é imensa!) que gastam uma tremenda energia vital. Uma vez desvitalizado e sem proteção fica fácil para qualquer um chegar perto e perturbar seu equilíbrio. Use esta listagem também para pensar porque a prosperidade às vezes passa longe de você. A energia que seria usada para atrair o bem, a felicidade, o amor, o dinheiro acaba sendo gasta de …

Agradecer sempre!!!

Você sabia que o Universo se comunica conosco o tempo todo e nos envia respostas, mensagens e sinais, de acordo com nossos desejos e necessidades? Estes sinais se manifestam através do fenômeno que conhecemos como sincronicidade, ou seja, no momento em que você necessita de algo, ou de que alguma situação aconteça, aquilo se manifesta repentinamente em sua vida. Mas eles não se apresentam somente com soluções grandiosas ou espetaculares. Manifestam-se igualmente nos acontecimentos rotineiros. A prova incontestável de que você está vivendo e atuando numa parceria harmoniosa com a vida, é a presença destas sincronicidades em seu dia-a-dia. Para percebê-las, é necessário que você esteja atenta e consciente de que o Universo sempre responde, de alguma forma, a todos os seus pedidos. Se você vinha recebendo estes presentes e, de repente, eles pararam de acontecer, saiba que algo saiu do eixo em seu plano de vida..... É indício de que você se deixou perturbar por alguma forma de negativida…

עילי בוטנר ורן דנקר - בואי נעזוב