SINCRONICIDADE

provocando as coincidências no dia a dia Criado por Jung, o termo sincronicidade define um princípio de ligação não-causal que liga o mundo psíquico e material. Desde o início de seus trabalhos com os sonhos, Jung percebeu a tendência dos motivos oníricos coincidirem com situações reais, com um significado semelhante ou mesmo com situações reais idênticas. Sincronicidade é a coincidência significativa de dois ou mais acontecimentos, em que se trata de algo mais do que uma probabilidade de acasos. Havendo, na Sincronicidade, um "conhecimento absoluto" que inclui acontecimentos futuros e distantes no espaço. A sincronicidade não é uma imposição do mundo de fora. A nossa vida é sincrônica em relação a tudo, mas falta a questão da consciência. O universo psíquico não existe sozinho. Sincrônico é algo de dentro colocado no mundo e correspondido pelo mundo. Sentimos prazer quando uma coisa desejada coincide com os acontecimentos de fora. Quando prestamos atenção aos acontecimentos e colocamos a nossa intenção e intuição em estado de alerta, somos capazes de propiciar sincronicidades. Nós, seres humanos, temos radares com capacidade de ir além da percepção consciente. Basta apenas estarmos sintonizados e faremos acontecer milhões de situações fora de nossa compreensão consciente. Quanto mais se presta atenção, mais essas coincidências são percebidas. Se acontecer uma coincidência infeliz, dá-se o nome de azar. Se acontecer uma coincidência feliz, diz-se ser o máximo da coincidência. Vamos falar um pouco sobre a teoria dos campos mórficos de Rupert Sheldrake, biólogo, que realizou pesquisas em ilhas monitoradas por câmeras e concluiu sua teoria baseando-se no seguinte acontecimento: após os macacos, de uma determinada ilha, não terem mais as bananas para se alimentarem procuraram incansavelmente por outra fonte de alimento. Até que um deles encontrou ao escavar a terra uma batata-doce. Porém, apesar da fome que esse macaco estava, ele desceu até a água e lavou a batata antes de comer. Em seguida os macacos que estavam ao seu lado fizeram os mesmos movimentos, escavaram a terra até encontrarem uma batata e foram até a água lavá-la antes de comer. Até que atingiram a massa crítica de 100 macacos fazendo o mesmo. O incrível é que após algum tempo toda a ilha repetia o mesmo comportamento, mesmo os macacos que estavam do lado contrário da ilha e que não haviam visto o que aconteceu do outro lado, mostrando claramente uma comunicação subjetiva. Para Sheldrake, ?Os campos mórficos explanam como os organismos vivos estão integrados e como as suas diferentes partes trabalham juntas?. Para realizarmos nossos projetos, basta que eles sejam importantes para nós, como no caso de Thomas Edson, contado no artigo "O Segredo do sucesso". É importante que o projeto faça muito sentido para nós, que seja realmente um DESEJO, pois toda vez que encontramos um sentido em algo, o universo conspira a nosso favor. Isso é uma realidade. Quando prestamos atenção nos acontecimentos e colocamos nossas intenção e intuição em estado de alerta, somos capazes de propiciar sincronicidades. A sincronicidade pode acontecer com qualquer pessoa, mas é preciso estar em contato consigo mesmo e com seu interior para conseguir ter a percepção. Somente quando nos mantemos em vigília, isto é, em estado de calma interior, alcançamos esse estado de alerta. Fazendo no mínimo uma meditação de 20 minutos ao dia, daremos o primeiro passo em busca da nossa sintonia com o universo e as "coincidências" começarão a acontecer. Às vezes, ocorre um fato externo e o significado subjetivo, interior, ocorre em seguida. Situações sincrônicas são recados dos nossos entes queridos diretamente do céu, um toque divino garantindo que não estamos sozinhos. Um fato externo que tenha um significado subjetivo interior pode nos trazer respostas e soluções quando estamos sintonizados com o universo. Ao nos sintonizarmos com o universo podemos aguardar os ?sinais? que nos serão enviados por nossos mestres espirituais. Podemos notar a sincronicidade quando pensamos em alguém e essa pessoa aparece ou telefona. Essa sensibilidade pode ser acionada quando precisamos dela. Cada pessoa tem uma capacidade especial. O inconsciente e a necessidade fazem com que as pessoas corram atrás e entrem em um mundo interior repleto de respostas e soluções. Acontecem mil coisas fora da nossa compreensão. Devemos estimular a sincronicidade. Se você é atento, está no mundo da sincronia o tempo todo. Há uma sintonia pulsando entre as coisas. Acredito que um fato se torna sincrônico quando traz uma emoção e um significado à nossa vida. Um acontecimento sincrônico pode transformar uma pessoa muito racional, que não deixa a emoção brotar, em alguém mais sensível, intuitiva.

Comentários

Postagens mais visitadas