Pular para o conteúdo principal

A vida como ela é.... comportamento humano...

"Há três coisas na vida que nunca voltam atrás: a flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida."
(Provérbio Chinês)
A vida é cheia de altos e baixos, deslizes, quedas, tropeços, conquistas, realizações, percas, derrotas, vitórias e assim sucessivamente. Em cada instante que vivemos, em cada segundo, minutos, horas, não nos damos conta dos alertas que a vida nos dá, ficamos cegos diante os sinais de perigo que nos ferem emocionalmente e psiquicamente, que nos leva aos piores sentimentos de culpa, inferioridade ou remorso.
A vida também nos cerca de gente boa, amigas, verdadeiras, mas também de pessoas más, hipócritas, medíocres, que em suas vãs filosofias adoram dar lição de moral nos outros, propagam suas verdades aos quatro cantos do hemisfério, mas suas atitudes é um arroto contraditório de suas verdades absolutas.
A vida nos ensina, mostra, nos encaminha, através de seus sinais, de seus alertas. O que no inicio parece está tudo perdido na verdade pode ser uma grande vitória: A vitória de nos livrar e nos esvaziar daquilo ou daqueles que achamos ser essencial, mas na verdade só ocupava um espaço importante em nossas vidas impossibilitando a verdadeira essência predominar.
Às vezes nos encontramos em situações complicadas, diante fatos inevitáveis, aprovações e reprovações simultâneas, e nesse meio tempo de provações nos armamos, procuramos nos defender das peças que a vida nos prega, seja com palavras, atos ou ação. Pronto! Já está feito! Falei! Reagi! Então depois vem o questionamento da sua consciência: E agora? Será que fiz certo? Eu deveria ter reagido assim? Falei de mais? Para os arrogados atingidos com nossas defesas, sim! Para eles agimos erroneamente, os ferimos amargamente. Quanto a nós? Dane-se! Fiquemos com nossas dores e reprovações. Mas a vida é justa, mesmo que a nossa ficha demore um pouco a cair e a as coisas comecem a se esclarecer diante nossos olhos, chegará o dia em que iremos perceber que certas coisas acontecem em nossas vidas, por que tinha que acontecer e que foi melhor assim.
Para toda ação há uma reação, para toda reação há um resultado, se positivo ou não cabe a nós analisarmos os fatos. Mas, nunca, independente do resultado, devemos nos culpar, nem nos sentir derrotados, fracassados, inferiores e nem nos nutrir de sentimentos negativos. A vida é uma matemática cheia de equação, onde podemos somar dividir, multiplicar e subtrair e tanto pode ter um resultado positivo como negativo, mas ambos são muito significantes em nossas vidas, basta tirar proveito e aprender as seguintes regras:
  • Confie mais em você.
  • Seja uma pessoa equilibrada, mantenha os pés no chão, não fique em cima do muro: você pode cair ou alguém lhe derrubar.
  • Seja autentica.
  • Dê valor a si mesmo.
  • Tenha amor próprio.
  • Desapegue de sentimentos fúteis e bobos que só te faz sofrer.
  • Seja verdadeira doa a quem doer, pois a hipocrisia fede e dá nojo.
  • Se você cometer erros não fique se justificando, apenas assuma que errou.
  • Mas se fizer acertos também não tente explicar, pois os medíocres jamais entenderão, afinal nunca sabemos quem realmente vive em nossa volta. Portanto o importante é você e sua consciência.
  • Não fale mal dos outros para depois dar “tapinhas” nas costas delas como se você morresse de amores por aquela pessoa, pois não tem nada pior neste mundo que falsidade.
  • Dê valor à vida, faça dela seu maior bem.
  • Seja fiel aos seus sentimentos e os entregue somente aquém merece, mas cuidados com os lobos em pele de cordeiros: hoje eles te amam amanhã te odeiam e podem vim querer dar tapinhas em suas costas também, te chamando de amigo.
  • E pelo amor de Deus sem essa de “morde e assopra”, não tem coisa mais ridícula que dar uma bofetada e depois dar uma de “Madalena arrependida”, se é para agir tenha certeza do que está fazendo, pense bem se possível mais de duas vezes, antes de qualquer atitude insana. Como diz o ditado: “Os meios não justifica os fins”
  • Por fim, não seja boa nem má, seja você mesma e se for preciso, em caso de urgência não fará mal algum ligar o “FODA-SE” de vez em quando. Tem pessoas que nos tira do sério e “rodar a baiana” é de praxe, certo que o silencio é a maior resposta que damos aos idiotas, embora para eles não faça diferença alguma, já que nem isso eles entendem.

A vida é aquilo que fazemos dela, que fazemos de nós mesmo, somos autores de nossas vidas, de nossa história, cabe a nós preenchermos nosso tempo e espaço de coisas e pessoas importantes e úteis, sem falsidade, hipocrisia, mediocridade e sem querer arrogar-se o direito de dizer, o que é certo ou errado ou o ser o dono da razão sem antes se olhar no espelho para não dizer no próprio “rabo”.
A vida contribui para nossas descobertas e conquistas, mesmo de forma dolorosa, na maioria das vezes nos dando a incerteza, medo, insegurança, mas somos fortes o bastante para travessar um labirinto, onde deparamos diante tudo que se possa imaginar, inclusive diante nós mesmo, é aí que entra as regras a ser seguida para encontrar a melhor saída.
Se cometermos erros na vida, na ânsia de acertar, nunca é tarde para corrigir, mas faça de coração, se errou com alguém, peça perdão, se a mesma não lhe perdoar, isso mostra que ela nunca foi seu amigo, então entrega na mão de Deus, e bola pra frente que “a fila anda”, não vale a pena ficar se humilhando para quem não merece, ainda mais se a vida se encarregou de mostrar para você quem ela é de verdade. O fato de você ter a humildade, não obriga aos outros a terem também, cada um é cada um. Afinal de contas é importante respeitar o sentimento ferido das pessoas e se um dia o cidadão resolver te perdoar, aceite, seja diferente (ser diferente não significa ser melhor).
Na vida estamos propício a tudo, mesmo andando pelos melhores caminhos traçados por nós, e não adianta pegar atalhos, pois sempre vamos encontrar pessoas mesquinhas, egoístas, egocêntricas, fúteis, o importante é não se deixar contaminar por essas pessoas e abstrair qualquer injustiça que elas venham nos cometer. Difícil né? Afinal, ninguém tem sangue de barata, mas é assim que tem de ser: jamais se igualar aos lobos.
A vida é tão bela e preciosa, por que não aproveita-la o máximo da melhor maneira, procurando viver bem, com tudo e com todos?
Por que não amar uns aos outros?
Por que não respeitar uns aos outros?
Para que medir forças o tempo todo, se podemos unir nossas forças em prol de uma vida melhor?
O que há de errado em ser diferente, desde que essa diferença não machuque ninguém? Desde que essa diferença seja apenas uma característica positiva e não um desvio de caráter e personalidade?
Na vida é permitido se ter opinião contraria a dos outros, desde que elas não ofendam, não desdenha e nem subestime as pessoas. Ser diferente, pensar diferente, agir diferente não é ser melhor que ninguém, mas infelizmente são muitas as pessoas que se colocam nesta posição: superioridade.
Lamentavelmente, essas pessoas que se julgam melhores que os outros e não pensam nas consequências de seus atos, chegará o dia em que, quando elas olharem para trás, verão a devastação que causaram a sua própria vida (ou não), acabarão em uma eterna solidão, sem amigos verdadeiros, serão um seres frios, sem alma, uns verdadeiros parasitas sem se darem conta que seu futuro não será diferente e que suas vidas não passam de algo surreal.
Lembre-se: A vida é aquilo que fazemos dela e aquilo que fazemos de nós mesmo. A vida é para ser vivida com ética e dignidade.
O comportamento e a atitude do ser humano é o que faz a diferença em viver bem e estar de bem com a vida, fica a critério de cada um, conduzir isso da melhor maneira possível, porque qualquer deslize ou desvio de conduta poderá resultar em grandes estragos.
Tomei como lição que não vale a pena brigar por sentimentos demasiados; não conviver em volta de pessoas que tem como doutrina o ceticismo e só busca nos outros interesses próprios. Aprendi que na vida eu serei um eterno aprendiz!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

12 maneiras de jogar energia fora...

Por mais que existam pessoas desequilibradas e difíceis nós é que somos responsáveis pelas nossas energias e cabe a cada um de nós preservá-la e administrá-la da melhor forma possível. Existem “receitinhas”, orações, banhos, cristais e um arsenal de proteção, que são válidos e eficientes até um certo ponto. Porque aquele que não assume a responsabilidade por suas venturas e desventuras sempre estará vulnerável às energias ao seu redor. Sabe por que o outro rouba a sua energia? Porque você deixa a porta aberta!!! E depois ainda diz que a culpa é do outro… Para ajudar a refletir, fiz uma listagem de doze atitudes (e olhe que a lista é imensa!) que gastam uma tremenda energia vital. Uma vez desvitalizado e sem proteção fica fácil para qualquer um chegar perto e perturbar seu equilíbrio. Use esta listagem também para pensar porque a prosperidade às vezes passa longe de você. A energia que seria usada para atrair o bem, a felicidade, o amor, o dinheiro acaba sendo gasta de …

Agradecer sempre!!!

Você sabia que o Universo se comunica conosco o tempo todo e nos envia respostas, mensagens e sinais, de acordo com nossos desejos e necessidades? Estes sinais se manifestam através do fenômeno que conhecemos como sincronicidade, ou seja, no momento em que você necessita de algo, ou de que alguma situação aconteça, aquilo se manifesta repentinamente em sua vida. Mas eles não se apresentam somente com soluções grandiosas ou espetaculares. Manifestam-se igualmente nos acontecimentos rotineiros. A prova incontestável de que você está vivendo e atuando numa parceria harmoniosa com a vida, é a presença destas sincronicidades em seu dia-a-dia. Para percebê-las, é necessário que você esteja atenta e consciente de que o Universo sempre responde, de alguma forma, a todos os seus pedidos. Se você vinha recebendo estes presentes e, de repente, eles pararam de acontecer, saiba que algo saiu do eixo em seu plano de vida..... É indício de que você se deixou perturbar por alguma forma de negativida…

עילי בוטנר ורן דנקר - בואי נעזוב