Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 20, 2011
CONHECENDO MAIS SOBRE: PSICOLOGIA
Psicologia
É a ciência que estuda o comportamento humano e seus processos mentais. Enfatiza o estudo do indivíduo, a fim de compreender seus desejos, necessidades, limitações, medos e aptidões.

Psicoterapia É um processo, no qual o indivíduo busca expandir o auto-conhecimento, aprendento a entender e a lidar melhor com seus sentimentos. Seu objetivo é facilitar condições para que a pessoal aprenda sobre si mesma, através de seus comportamentos e das trocas estabelecidas nesse processo.

Por que fazer terapia ? O objetivo da psicoterapia é proporcionar em ambiente favorável que proporcione ao indivíduo que procura ajuda, segurança para a exposição de idéias, percepções, dúvidas, conflitos e protegido pelo sigilo existente na relação terapêutica, o paciente, em conjunto com o psicólogo, possa pensar em seus conflitos, suas dificuldades e inseguranças, seus sonhos e suas possibilidades, de forma que se sinta seguro para se experimentar, se escutar, s…

Namoro, liberdade e responsabilidade a caminho do amor. E o “Ficar”?

O “Ficar”, que deforma o namoro e o fixa no encontro fortuito, efêmero, onde o outro é apenas uma coisa a ser desfrutada e usada.Algo descártavel.Nem mesmo o consenso entre os jovens que “ficam”é capaz de legitimá-lo à luz da responsabilidade e da saudável busca de um “outro”, algo que somente o “velho e tradicional” namoro oferece.Os jovens pensam que ganham experiência afetiva no “ficar”. Pelo contrário, é uma “escola” que deforma- ainda na juventude- o primeiro passo no rumo da busca do amor humano autêntico.Amor Humano que se inicia pelo respeito ao mistério do outro e pelo compromisso assumido com ele, honrado dia a dia em um namoro saudável, essencial para quem é chamado ao matrimônio.***A Sexualidade na sua dimensão individual, isto é, como modalidade de expressão do eu nas suas duas versões, masculina e feminina, tem na temperança a reguladora de todas as faculdades humanas e no pudor o guardião de todas as riquezas pessoais.A verdadeira liberdade é a capacidade de escolher p…

* A sexualidade humana e seus desafios na visão de vários especialistas

Por que a sexualidade humana está se tornando um problema?O corpo é amor que se encarna e se exprime, uma espécie de sacramento primordial – – que revela a vocação da criatura humana à reciprocidade, ao recíproco dom de si. Mas, atualmente, a sexualidade, essa misteriosa dimensão do ser na qual se exercita esse dom, está se tornando um problema.Passados mais de 30 anos da chamada “liberação sexual”, os “radares” sociológicos são unânimes: a sexualidade está deixando de ser impulso em direção ao outro para se transformar em território secreto do individualismo. A incapacidade de se relacionar gera conflitos de todos os tipos que corroem a base dos casamentos.Apresentamos aqui uma síntese da reflexão feita em conjunto com alguns especialistas, iniciada com essa pergunta: Que explicação pode ser dada para esse problema?Rino Ventriglia (neuropsiquiatra): “As dificuldades sexuais são quase sempre dificuldades de comunicação. Tratei alguns casos de casamentos não consumados por causa de ap…

Maturidade afetiva.... voce tem?

A afetividade não está por assim dizer encerrada no coração, nos sentimentos, mas permeia toda a personalidade.Estamos continuamente sentindo aquilo que pensamos e fazemos. Por isso, qualquer distúrbio da vida afetiva acaba por impedir ou pelo menos entravar o amadurecimento da personalidade como um todo.Observamos isto claramente no fenômeno de “fixação na adolescência” ou na “adolescência retardada”. Como já anotamos, o adolescente caracteriza-se por uma afetividade egocêntrica e instável; essa característica, quando não superada na natural evolução da personalidade, pode sofrer uma “fixação”, permanecendo no adulto: este é um dos sintomas da imaturidade afetiva.É significativo verificar como essa imaturidade parece ser uma característica da atual geração.No nosso mundo altamente técnico e cheio de avanços científicos, pouco se tem progredido no conhecimento das profundezas do coração, e daí resulta aquilo que Alexis Carrel, prêmio Nobel de Medicina, apontava no seu célebre trabalho…