Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 1, 2011

Razão e sensibilidade

Muitas vezes, perdemos oportunidades de viver momentos felizes, só porque queremos provar que estamos com a razão ou pensamos que estamos.
Quantas amizades já destruímos por causa de uma obstinação em defender o ponto de vista?
Quantas energias já gastamos na defesa de uma ideia, desejando que o outro aceite a qualquer custo?
Quanto tempo perdido na elaboração de argumentos para convencer alguém que temos razão em algum ponto?
Será que vale a pena perder a paz na tentativa de provar que estamos certos?
É evidente que há momentos em que devemos defender nossa posição, e seria bom se o fizéssemos sem nos perturbar, sem perder o equilíbrio.
Mas o que geralmente acontece é que levamos as discussões do campo das idéias, para o campo pessoal. E nos irritamos.
Podemos discordar de alguém e ainda assim preservar a amizade e o respeito por esse alguém.
Pense nisso, quando se apresentar uma situação em que tenha que fazer essa opção, e se questionar antes de agir.
Talvez se prestássemos mais atenção em …

Silenciando a mente

Muitas pessoas me perguntam como fazer para manter sob controle o turbilhão de pensamentos que povoam suas mentes, o tempo todo. O segredo é não fazer disso uma meta, um objetivo, pois ao fazê-lo passamos a lutar contra a mente.

E, toda forma de luta, de ação, neste caso se torna inútil. Como então empreender esta tarefa sem qualquer esforço? A única ferramenta capaz de nos auxiliar é a meditação. E, quando digo meditação isto significa simplesmente manter-se alerta, totalmente no aqui e agora.

Ao colocar a atenção sobre os pensamentos, sem qualquer tipo de julgamento, simplesmente observando-os, estes, aos poucos, perdem energia, pois emitir qualquer opinião sobre eles automaticamente amplia o seu poder.

Quando você observa atentamente seus pensamentos, amplia a percepção sobre a qualidade destes. E, se surpreende ao constatar o quanto de negatividade, medo e insegurança eles carregam.

Se conseguir se manter alerta, ainda que alguns minutos por dia, acerca de seus pensamentos, você v…