Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 20, 2011

A DELICADEZA DO AMOR

Nesta época de Semana Santa e Pascóa, vamos exercitar o AMOR, a paz , enfim acarinhar a alma......


O amor, quando chega, não rompe barreiras, ele as contorna. Não arromba portas, abre-as delicadamente. Não grita, sussurra. Não põe abaixo todas as reservas do coração, ele as retira ternamente. Não devasta a alma, ele a ilumina. Tira as dificuldades com a ternura de quem remove espinhos de uma rosa bonita. Chega com a mansidão de que é feito, por isso não arrasa as nossas emoções. Não maltrata nem ironiza as nossas dores, ele as compreende e cura. Afasta os medos com a coragem de que se reveste.
O amor é gentil, não tem vaidades exacerbadas nem orgulho. Não bate, ampara. Não crispa a face, o seu olhar é sempre suave. É simples e grandioso na sua essência. Vem sem pressa, porque sabe a hora de chegar. Vem para ficar, porque o seu destino é de permanência. Não ilude, ele é todo a sua verdade. Não se importa ao saber do nosso lado feio nem ao conhecer a face escura do nosso ser, ele sempre …