Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 24, 2011

QUATRO LEIS DA ESPIRITUALIDADE

Na Índia, são ensinadas as "Quatro Leis da Espiritualidade" A primeira diz:
"A pessoa que vem é a pessoa certa". Significando que ninguém entra em nossas vidas por acaso, todas as pessoas ao nosso redor, interagindo com a gente, há algo para nos fazer aprender e avançar em cada situação.
A segunda lei diz:
"O que aconteceu? A única coisa que poderia ter acontecido".
Nada, absolutamente nada que acontece em nossas vidas poderia ter sido de outra forma. Mesmo o menor detalhe. Não há nenhum "se eu tivesse feito tal coisa ..., aconteceu que um outro ...". Não! O que aconteceu foi tudo o que poderia ter acontecido, e aconteceu para nós aprendermos a lição e seguirmos em frente. Todas e cada uma das situações que acontecem em nossas vidas são perfeitas.
A terceira diz:
“Toda vez que você iniciar é o momento certo". Tudo começa na hora certa, nem antes nem depois. Quando estamos prontos para iniciar algo novo em nossas vidas, é que a coisas acontecem.
E a…

Sobre O Olhar, O Errar E O Perdoar(-Se)

Algumas vezes é preciso olhar a vida por outro ângulo. Ou com outros olhos…Quantas vezes a gente se pega fazendo as coisas no automático, nos julgando pelos nossos erros, lamentando por algo que não deu certo ou que não saiu conforme planejado? É, realmente é mais cômodo agir dessa maneira, não dá trabalho, não é difícil. Difícil mesmo é reconhecer que somos humanos, que não somos perfeito e – SIM – erramos! Acho que porque tenho certa facilidade em reconhecer minhas fraquezas, meus erros e peço desculpas sempre que percebo que magoei alguém (mesmo indiretamente) também acho que todo mundo deveria ser assim… Por que será que algumas pessoas têm tanta dificuldade em reconhecer que não perfeitas e deixam com que a arrogância tome conta de seu ser? Sinceramente não entendo.
O que será que DEUS esperará de nós se não sabemos nem ao menos pedir perdão? De que adianta ir à igreja, viver em jejum, em oração, se não temos a humildade de “amar ao próximo como a nós mesmos”? A vida pode demorar,…