Pular para o conteúdo principal

Sonhar é amadurecer

Quem sou eu para, tecnicamente, falar dos sonhos. O pai da psicanálise, o Freud, até sairia da cova onde está agora, para me dar uns tapas. Freud é a pessoa que melhor definiu o sonho, mostrando que nossa mente trabalha 24 horas por dia, sem parar, sem descanso.

Somos seres em total atividade mental e exercitamos experiências mentais, todo tempo. Tudo que nos acontece é registrado no cérebro, como um grande depósito.

Engraçado pensar nisso. Tudo que se passa em nossa cabeça é fruto de alguma experiência que tivemos, ou que queremos, ou mesmo, o que tememos ter.

Muitas vezes, o medo é a mola que impulsiona nossas maiores experiências mentais. Quando temos medo de algo, geralmente ele se manifesta como flash de alerta, durante o dia. Mas, é à noite que temos nossos maiores contatos com o que tememos.

Sonhar é pensar... sem ter a menor pretensão de analisar tecnicamente a coisa, sem querer definir a origem dos sonhos, posso dizer que sonhar é amadurecer.

Algumas pessoas que conheço, encaram o sonho como uma experiência do espírito, da alma. Alguns já me relataram que, enquanto dormiam, experimentaram verdadeiras viagens, tendo sentido de forma real que sua alma saiu de seu corpo e foi dar uma volta por aí. Gente que se viu dormindo, que viu seu próprio corpo deitado na cama. Gente que passeou pelos arredores e viu coisas, e que conseguem relatar claramente, após o despertar.

Dentro da experiência extra-sensorial, já colhi depoimentos de pessoas que receberam verdadeiros recados de entes queridos que já se foram. Pessoas que podem jurar que viram avós, pais e outros parentes lhe orientando em passos da vida.

É óbvio que não estamos nesta vida de passagem, mesmo a vida sendo passageira. Mas a vida real pode ser bem diferente da que conhecemos.

Outras pessoas vêem os sonhos como verdadeiras visões. Gente que mudou de carreira porque teve uma ideia enquanto sonhava. Acordou e anotou o palpite do cosmos (ou dele mesmo). Ter um sonho, uma visão, um desejo ardente, acordar e correr atrás daquilo que sonhou é tarefa que muita gente aposta. Muitos conseguem realizar esse verdadeiros (literalmente) sonhos.

Outras vezes, acordamos sobressaltados com algum sonho ruim que tivemos. esses pesadelos podem ser encarados pelas mais diversas linhas de estudo, como manifestação de medo, reflexo de experiências físicas, sensações premonitórias, entre outras.

Muita gente não se lembra do que sonhou. Muita gente que não lembra, até diz que sabe que o sonho não foi bom. Outros vinculam um sonho ruim com alguma energia ruim, que tiveram contato... Mas, eu penso que, ao ter contato com certas coisas ruins que pensamentos, de certa forma, nos preparamos para encará-las, de frente, no plano real.

Isso mesmo. Sonhar é amadurecer, pois nos prepara para o pior. Por exemplo: sonhar que sua mãe morreu. Todos queremos que sua mãe viva muito, sempre a seu lado. Mas, quando você sonha com a morte dela, de certa forma, você passa pela experiência de ver a morte de perto, e encarar suas reações diante de tão duro fato.

Mesmo sabendo que é inevitável, a morte é o maior dos temores humanos. Pior ainda é a morte com sofrimento... A morte é o fim de tudo... e ninguém quer sair da festa antes do tempo. A festa é viver.

As sensações de experimentar um sonho ruim, não são nada boas. Afinal, sonhar é visualizar o que se teme, falando no lado negativo. Muita gente sonha com tamanha realidade, que mais parece um aviso do plano superior. Estas sensações premonitórias, manifestadas através dos sonhos, com uma certa dose de intuição, muitas vezes interferem em situações pontuais, gerando até mudança de comportamento.

Paula Vargas (nome original), certa vez sonhou que, na entrevista de emprego, a qual foi muito mal sucedida, estava vestida com um terninho azul marinho, que comprara tal aquela ocasião. Ao ter um sonho ruim com este evento futuro, onde não passava na entrevista, com desempenho muito ruim, resolveu trocar a roupa para a hora da reunião.

Ela encontrou no sonho, uma forma de modificar o futuro. Qual foi o resultado da entrevista? Ela passou! E conta num e-mail empolgante que foi avisada por alguma "entidade".

Misterioso como a própria vida é, o sonho realmente possui aplicações diferentes entre as pessoas.

Cada um sonha de um jeito e interpreta os mesmos de acordo com suas experiências, medos, desejos e sensações.

A vida é repleta de mistérios não respondidos. Nosso inconsciente trabalha usando instrumentos ainda pouco mapeados e conhecidos. Os milhões e milhões de conexões cerebrais ainda foram pouco explorados.

Para muitos, os sonhos são apenas um filme de ficção. Para outros, sonhar é ter contato com seu verdadeiro eu, seus anseios, incômodos e medos.

Definitivamente, para mim, sonhar é amadurecer. Não importa se este sonho é sonhado dormindo ou acordado. O que importa é que o sonho é uma forma de se conhecer melhor e, portanto, crescer como pessoa. Encare o sonho como informação privilegiada de uma fonte que sempre irá te querer bem: você mesmo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

12 maneiras de jogar energia fora...

Por mais que existam pessoas desequilibradas e difíceis nós é que somos responsáveis pelas nossas energias e cabe a cada um de nós preservá-la e administrá-la da melhor forma possível. Existem “receitinhas”, orações, banhos, cristais e um arsenal de proteção, que são válidos e eficientes até um certo ponto. Porque aquele que não assume a responsabilidade por suas venturas e desventuras sempre estará vulnerável às energias ao seu redor. Sabe por que o outro rouba a sua energia? Porque você deixa a porta aberta!!! E depois ainda diz que a culpa é do outro… Para ajudar a refletir, fiz uma listagem de doze atitudes (e olhe que a lista é imensa!) que gastam uma tremenda energia vital. Uma vez desvitalizado e sem proteção fica fácil para qualquer um chegar perto e perturbar seu equilíbrio. Use esta listagem também para pensar porque a prosperidade às vezes passa longe de você. A energia que seria usada para atrair o bem, a felicidade, o amor, o dinheiro acaba sendo gasta de …

עילי בוטנר ורן דנקר - בואי נעזוב

Agradecer sempre!!!

Você sabia que o Universo se comunica conosco o tempo todo e nos envia respostas, mensagens e sinais, de acordo com nossos desejos e necessidades? Estes sinais se manifestam através do fenômeno que conhecemos como sincronicidade, ou seja, no momento em que você necessita de algo, ou de que alguma situação aconteça, aquilo se manifesta repentinamente em sua vida. Mas eles não se apresentam somente com soluções grandiosas ou espetaculares. Manifestam-se igualmente nos acontecimentos rotineiros. A prova incontestável de que você está vivendo e atuando numa parceria harmoniosa com a vida, é a presença destas sincronicidades em seu dia-a-dia. Para percebê-las, é necessário que você esteja atenta e consciente de que o Universo sempre responde, de alguma forma, a todos os seus pedidos. Se você vinha recebendo estes presentes e, de repente, eles pararam de acontecer, saiba que algo saiu do eixo em seu plano de vida..... É indício de que você se deixou perturbar por alguma forma de negativida…