Pular para o conteúdo principal

Sua mente e seu corpo trabalham juntos.

Para ter um corpo e mente saudáveis, fale com um psicólogo.



Corpo e mente são estreitamente ligados. O que você vive “na cabeça” de alguma forma repercute no seu estado físico – e, sem dúvida, o inverso também ocorre: condições físicas desfavoráveis – por exemplo, um simples resfriado –, produzem desconforto emocional, fazem com que a gente se sinta “pra baixo”. Reconhecer essa estreita relação corpo-mente como algo inerente ao ser humano, sem qualquer juízo de valor – pois ela simplesmente é -, constitui o primeiro passo na direção de uma vida cotidiana mais harmoniosa e saudável.

A partir disso, o que fazer?

A Associação Americana de Psicologia (APA) afirma ser possível “aumentar a qualidade de vida por meio da construção da habilidade de resiliência” – que nada mais é do que a habilidade de uma substância voltar ao formato original depois de ser submetida a pressões e torções. Transpondo isso para o universo humano, a resiliência é a habilidade que pode nos ajudar a lidar melhor com situações estressantes, favorecendo uma recuperação mais rápida e menos traumática. No entanto, ela não faz parte do acervo original do ser humano – precisa ser desenvolvida, “construída” com o tempo, em um processo alimentado, sim, por uma atitude mais otimista frente à vida, mas não só por isso. Aqui também se faz necessário o alimento do auto-conhecimento, que nos permite reconhecer as mensagens emitidas pelo uno corpo-mente. Assim, dores de cabeça freqüentes podem sinalizar tensão, alertar para alguma inquietação mal definida, avisar que você precisa de ajuda para entender o que se passa em sua mente.

É nesse momento que pode – e deve – entrar em cena o profissional da Psicologia, capaz de ajudá-lo(a) a enfrentar desafios, a lidar com as emoções que o fazem doente, e a construir sua resiliência.

O bem-estar psicológico e a aprendizagem da resiliência andam juntos e desenvolvem:


  • a capacidade de fazer planos realistas para lidar com os fatores estressantes da vida, diminuindo o impacto emocional desses fatores;
  • uma visão positiva de si mesmo, e confiança na sua força e na sua capacidade para enfrentar os desafios da vida;
  • melhor comunicação com os outros;
  • recursos para solução de problemas;
  • a capacidade de lidar com emoções e impulsos intensos associados ao estresse;
  • e “instrumentos” pessoais para evitar doenças advindas do estresse, da ansiedade e de outros fatores estressantes com os quais nos deparamos dia-a-dia.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

12 maneiras de jogar energia fora...

Por mais que existam pessoas desequilibradas e difíceis nós é que somos responsáveis pelas nossas energias e cabe a cada um de nós preservá-la e administrá-la da melhor forma possível. Existem “receitinhas”, orações, banhos, cristais e um arsenal de proteção, que são válidos e eficientes até um certo ponto. Porque aquele que não assume a responsabilidade por suas venturas e desventuras sempre estará vulnerável às energias ao seu redor. Sabe por que o outro rouba a sua energia? Porque você deixa a porta aberta!!! E depois ainda diz que a culpa é do outro… Para ajudar a refletir, fiz uma listagem de doze atitudes (e olhe que a lista é imensa!) que gastam uma tremenda energia vital. Uma vez desvitalizado e sem proteção fica fácil para qualquer um chegar perto e perturbar seu equilíbrio. Use esta listagem também para pensar porque a prosperidade às vezes passa longe de você. A energia que seria usada para atrair o bem, a felicidade, o amor, o dinheiro acaba sendo gasta de …

Agradecer sempre!!!

Você sabia que o Universo se comunica conosco o tempo todo e nos envia respostas, mensagens e sinais, de acordo com nossos desejos e necessidades? Estes sinais se manifestam através do fenômeno que conhecemos como sincronicidade, ou seja, no momento em que você necessita de algo, ou de que alguma situação aconteça, aquilo se manifesta repentinamente em sua vida. Mas eles não se apresentam somente com soluções grandiosas ou espetaculares. Manifestam-se igualmente nos acontecimentos rotineiros. A prova incontestável de que você está vivendo e atuando numa parceria harmoniosa com a vida, é a presença destas sincronicidades em seu dia-a-dia. Para percebê-las, é necessário que você esteja atenta e consciente de que o Universo sempre responde, de alguma forma, a todos os seus pedidos. Se você vinha recebendo estes presentes e, de repente, eles pararam de acontecer, saiba que algo saiu do eixo em seu plano de vida..... É indício de que você se deixou perturbar por alguma forma de negativida…

עילי בוטנר ורן דנקר - בואי נעזוב