Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 13, 2010

Como vc se vê?

As pessoas tentam compreender sem conhecer.A ordem é essa: CONHECER para depois COMPREENDER.Não se toca um piano apenas lendo as partituras. Não se conhece o Divino apenas lendo as Escrituras. Não se aprende a amar lendo a revista Contigo.Para se "conhecer" tem que se vivenciar. Se entregar. Estar presente. Estar presente é viver o Aqui-Agora, sem expectativas, sem julgamentos. Pois se você tentar conhecer algo a partir de seus pressupostos, você não conhece a totalidade, você apenas vê o que você gosta e não enxerga o que não lhe convém.Esse é o maior impedimento do Conhecimento. Estar livre de referências prévias. Estar livre de opiniões pré-estabelecidas. E o pior que quanto mais se conhece, mais forte é o sentimento de ser o "Dono da Verdade", e maior as chances de não ter a mente serena, aberta e livre.Pois apenas com uma mente serena, aberta e livre que o Conhecimento pode surgir. E passando-se pela fase da experiência sem julgamentos, do verdadeiro…

Se conheça

A verdadeira sapiência, a luz do intelecto, nos vem de dentro da esfera do "Eu".
Não podemos conhecer o mundo e saber acerca das coisas senão através de certos instrumentos e dos nossos sentidos.
Todavia, quem os interpreta e os utiliza é o nosso "Eu".
Somos, portanto, obrigados a reconhecer que o estudo do "Eu" é o mais importante ao qual um pensador deve dedicar-se.

Um sofista, aproximando-se um dia de um sábio da Grécia antiga, queria confundi-lo com perguntas embaraçosas;
Mas de Mileto mostrou-se à altura das provas e respondeu a todas as perguntas sem vacilar, com a maior exatidão.
Eis as perguntas:

1. Qual é a coisa antiga?
Resposta: Deus - porque sempre existiu.

2. Qual é a coisa mais bela?
Resposta: O universo - porque é a obra de Deus.

3. Qual das coisas é a maior?
Resposta: O Espaço - porque contém tudo o que foi criado.

4. Qual das coisas é a mais constante?
Resposta: A Esperança - porque perdura no homem mesmo depois de ter ele perdido tudo.

5.…