Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março 23, 2010

Nossa alma tem o seu próprio relógio- Flávio Gikovate

Com um computador, a razão pode nos mostrar, em pouco tempo, onde estão nossos conflitos. Mas a mudança de atitude obedece ao tempo da emoção, lento como o crescer das árvores.
Quantas vezes já ouvi de clientes meus, depois de lhes dar alguma interpretação, ‘coisas do tipo’: “Ta bom. Mas, agora, o que é que eu faço?” ou “Como tenho de me comportar para me livrar dos meus problemas?” Estas perguntas são totalmente desconcertantes. De nada adiantam as sugestões e os conselhos se a pessoa não está pronta, preparada para ousar novas atitudes ou posturas de vida. Não adianta dizer a uma mulher angustiada, em pânico diante do fato de que esta noite receberá 15 pessoas para o jantar: “Tenha calma. É apenas um jantar, as pessoas vêm aqui para conversar e não para julgar sua competência como dona de casa”. Ela continuará nervosa do mesmo modo. Não será capaz de relaxar e se descontrair, a não ser que haja alterações na sua autoconfiança, a não ser quando ela estiver menos preocupada com o julga…