O Amor Está No Ar!



O amor está em mim desde o dia em que nasci!
Por que?
Porque o amor é um estado de espírito, mental, físico e corporal que independe de outra pessoa para vir a ser. Esse estado cultivado em minha mente, melhora minha imunidade corporal. Por isso o Mestre Jesus dizia: Conhece-te a ti mesmo! Amai ao próximo como A TI MESMO! O que subentende-se que devo primeiro me amar, incondicionalmente, e depois amar ao próximo. Como eu posso amar alguém, se não amo a mim mesmo? Não cuido do meu corpo, da minha mente, do meu espírito, das minhas emoções, da minha saúde?

O estado mais elevado do AMOR, não é de modo algum, um relacionamento com outra pessoa, mas sim, um estado do MEU SER. Por isso, um coração pode ser inteiro, por si só. Mesmo porque, nasci e irei partir no meu silêncio individual. Quando amo alguém, meu coração não fica dividido, ele entra por inteiro no amor. Porque um coração pela metade não pode viver por si só.

Um exemplo: uma flor que nasce e espalha sua fragrância por todos os lados, independente de quem vai sentir seu aroma. A flor nasceu para espalhar seu perfume, sem olhar para quem vai sentir seu aroma. E continuará sempre assim, nesse estado natural de nascimento. Porque ela sabe, que sua fragrância não depende de outra flor para exalar seu perfume. Assim é o amor nascido em mim!

O amor está em mim, está em você, como a fragrância da flor. Quando eu consigo exalar o aroma do amor, sem olhar os defeitos do outro, sem olhar para quem vai receber meu amor, então a ilusão do sonho do amor, que eu busco no outro, para estimular o amor em mim mesma, passa a ser possível. Mas, se eu uso a outra pessoa, para sentir o amor em mim, para estimular o amor em mim, procurando na outra pessoa “coisas” que eu amo em mim, então o amor passa a ser um sonho inatingível. Porque com o tempo, eu vou começar a notar, os defeitos que a outra pessoa tem, e que reflete os defeitos que eu tenho também, e começarão a surgir as críticas, as cobranças, os pensamentos causticantes, e eu me sentirei a vítima do meu amor desiludido.

Pense muito bem quando você for iniciar um relacionamento. Primeiro tenha certeza, que você se ama, e que seu coração pode viver por si só. Porque quando duas pessoas se unem, elas precisam estar inteiras no relacionamento. Com corações inteiros. Quando duas pessoas têm no seu conceito a forma correta de sentir o AMOR, e sabem que não existe “príncipe encantado”, não existe “a bela adormecida”, então esse relacionamento pode dar certo.

Mas lembre-se: o estado elevado do AMOR ninguém perde, ele nasce na sua essência e vai partir com você, basta você se conectar com o AMOR que existe em VOCÊ, para ele vir a ser no real, e deixar de ser um sonho inatingível.

Vamos pensar corretamente, sentir AMOR não depende de outras pessoas, depende única e exclusivamente de nós! Nós somos responsáveis por nossos amores, pela nossa fragrância! Se alguém não nos amou como deveria amar, é porque, talvez, essa pessoa ainda esteja, correndo atrás de estímulos amorosos, para sentir o amor em si mesmo. Por isso, são raros os relacionamentos afetivos, que transcendem a eternidade.

Eu desejo que você aprenda a se amar primeiro, e depois exale o seu amor, sem olhar a quem, sem julgamentos, sem cobranças.

Apenas acorde dessas ilusões, desses sonhos inatingíveis e AME incondicionalmente!

Comentários

Postagens mais visitadas