flor de lótus

A flor de Lótus simboliza a evolução espiritual, a consciência plena de que somos apenas o corpo humano, somos o sagrado, o divino, e de que o caminho é para dentro, é o retorno ao Todo do qual fazemos parte.

Segundo contam as lendas budistas, Saddhartha Gautama, que mais tarde se tornaria “O Buda”, o iluminado, ao tocar o solo completando seus primeiros sete passos, fez nascer sete flores de lótus, Os Budas são representados sentados em meditação sobre flores de lótus completamente abertas simbolizando a consciência de sua plenitude.

O lótus nasce na lama e só se abre quando atinge a superfície, voltado para o leste, como que dirigindo ao sol nascente, onde só então mostra suas pétalas autolimpantes, que repelem poeira e microorganismo. Alem disso, é a única planta que regula o seu calor interno, mantendo-se por volta dos 35°, mesma temperatura do corpo humano. O botão da flor de lótus tem forma de coração e suas pétalas não caem quando a flor morre, apenas secam. Ao anoitecer, a flor se fecha e submerge na água.

Assim, tal como o lótus que cresce da escuridão do lodo, abrindo as flores somente após ter-se erguido além da superfície da água, ficando suas flores livres do lodo e da água que as nutriram, do mesmo modo o ser humano, nascido num corpo limitado e governado pela mente, expande suas verdadeiras qualidades após ter acordado do sono profundo da ignorância, mostra o verdadeiro potencial, assume a sua divindade, tornando-se seu próprio mestre, e dissolve-se na energia universal, na consciência iluminada. A flor de lótus. A realização.

Comentários

Postagens mais visitadas