Como vc se vê?

Detalhe do quadro CORAÇÃO DE JESUS de Tarsila do Amaral


As pessoas tentam compreender sem conhecer.

A ordem é essa: CONHECER para depois COMPREENDER.

Não se toca um piano apenas lendo as partituras. Não se conhece o Divino apenas lendo as Escrituras. Não se aprende a amar lendo a revista Contigo.

Para se "conhecer" tem que se vivenciar. Se entregar. Estar presente. Estar presente é viver o Aqui-Agora, sem expectativas, sem julgamentos. Pois se você tentar conhecer algo a partir de seus pressupostos, você não conhece a totalidade, você apenas vê o que você gosta e não enxerga o que não lhe convém.

Esse é o maior impedimento do Conhecimento. Estar livre de referências prévias. Estar livre de opiniões pré-estabelecidas. E o pior que quanto mais se conhece, mais forte é o sentimento de ser o "Dono da Verdade", e maior as chances de não ter a mente serena, aberta e livre.

Pois apenas com uma mente serena, aberta e livre que o Conhecimento pode surgir.

E passando-se pela fase da experiência sem julgamentos, do verdadeiro conhecimento, começa a etapa mais apaixonante de todas: a etapa do Compreender. Mas para isso é necessário um estudo fino.

Tentar compreender o Mundo, o Universo, a Criação... Quem envereda por esse Caminho, descobre a Humildade no percurso. Pois essa compreensão é tão sublime, tão perfeita, que nos mostra que só uma Mente Cósmica Onisciente poderia conceber a Beleza.

Para compreender quem somos e que estamos fazendo, precisamos primeiro nos conhecer.

Quem está afim de olhar profundamente para dentro?

Poucos gostam da Disciplina.

Porém, a Disciplina é a Arte do Discípulo.

Quem tem Disciplina é aquele que evolui. Quem está na Senda. Quem aprende.

Quanto mais se aprende mais se sabe que nada sabe. Mas esse tipo de postura de desapego, de pouco ego, só ocorre na Disciplina.

Na Disciplina, todos sabem o que tem que ser feito e respeitam isso. Cada um se sabe o que tem, não precisa ninguém falar.

Na Disciplina, estamos dentro.

Por que poucos gostam da Disciplina?

Fraqueza. Falta de Firmeza no Pensamento. Ego Grande. Por se achar o dono da razão e por julgar o outro como o Errado. Se acham Macacos Estelares irriquietos e criativos.

Essas adjetivações são naturais das Almas Jovens. Não necessariamente dos Jovens, mas das Almas Jovens. Almas que ao querer mudar o que está aí, prevalecem-se da anarquia como escudo para a sua falta de firmeza.

Não se puxa para dentro o indisciplinado. É impossível.

Porém, através da Firmeza, dos passos largos, do sentido claro e dos resultados obtidos, o pedido de ajuda vem naturalmente de fora para dentro.

Como é bom ter Disciplina. Como é bom ser Discípulo. Como é bom ter um Mestre! Compaixão a esses Jovens Espíritos que ainda nada tem.

"Disciplina é liberdade
Compaixão é fortaleza"

Renato Russo

Entram ai os niveis de consciencia....

O PRIMEIRO NÍVEL, que é o nível mais baixo, é aquele que as pessoas não se dão conta do que acontece com elas. É a inconsciência total, que gera o carma. Nesse estágio inicial, você não vê e não sente que algo está lhe causando um mal, por que pensa que nada existe fora daquilo. Você diz para si mesmo: "É ISSO AÍ MESMO...", não percebendo que essa frase é um implante de um comercial de refrigerante, que botaram em sua mente.

O SEGUNDO NÍVEL, também de baixa consciência, porém já com alguma percepção, é aquele que perante algo indesejável, você diz: "EU NÃO AGUENTO MAIS ISSO!!!". Perceba que é o Ego gritando, se fazendo de vítima, muitas vezes para chamar a atenção. Esse nível também traz a auto-comiseração, ou seja, a pena de si mesmo. É um nível de alto sofrimento. Muita gente ainda está nesse nível.

O TERCEIRO NÍVEL, vem com a frase: "EU NÃO QUERO MAIS ISSO". Agora a consciência já aparece mais forte, com a percepção que algo não está indo tão bem assim. Esse nível não é o mais elevado ainda, pois para dizer-se que "não se quer mais isso" é porque já se ultrapassou o nível de tolerância, e portanto não se foi consciente suficiente para se parar antes. A maior parte das pessoas age assim e portanto se encontra nesse nível.

O ÚLTIMO NÍVEL, e o nível mais alto, está representado na frase: "EU NÃO PRECISO MAIS DISSO." É a demonstração da percepção plena do momento ideal, e também um desprendimento em relação ao que se está deixando. A frase "Eu não preciso mais disso" representa o desapego, e a afirmação interior que se é maior do que os seus hábitos deletérios ou seus posicionamento perante a relacionamentos. Poucas pessas já atingiram esse nível.



Ouvir com o Coração é criar dentro de sí a convicção.

Muita gente pensa que o sucesso na relação a dois é encontrar a "pessoa certa". Mas o real sucesso começa quando percebemos que "o sucesso é tornar-se a pessoa certa".

Fácil é olhar para o parceiro e não gostar das coisas que enxerga. Porém ele nada mais é do que o seu espelho, e o que não gostas é na verdade o que no fundo rejeitas em ti.

Tornar-se a pessoa certa é perceber exatamente como vc contribui para aquilo "que você não gosta no outro". E começar a mudança por ti, sem cobrar a mudança na outra parte.

Esse caminho de tornar-se a pessoa certa só trilha quem já começou a desligar-se das defesas do Ego.



Comentários

Postagens mais visitadas