Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2010

Relações Humanas de Alto Nível

Estamos todos tão juntos e, no entanto, estamos morrendo de solidão. Nós temos escolha: podemos escolher a alegria em vez da tristeza, a felicidade em lugar do desespero, o riso em lugar das lágrimas, o trabalho em lugar da apatia. Você decide!Para mantermos um relacionamento interpessoal de alto nível, é importante valorizar as pessoas com as quais mantemos contato. Se Você desejar ser líder, ou mesmo, uma pessoa bem relacionada e de sucesso na vida, é fundamental desenvolver uma personalidade positiva, leve, bem como aplicar diariamente os princípios abaixo expostos:* Cumprimente as pessoas com um sorriso, demonstrando um verdadeiro sentimento ao vê-las..* Chame as pessoas pelo nome....* Interesse-se realmente por elas - é a melhor maneira de fazer amigos...* Faça as pessoas sentirem que tem valor ouvindo-as....* Incentive as pessoas para o sucesso...* Elogie as pessoas pelo que elas tem de bom....* Escute as pessoas com atenção, procurando fazer com que elas falem sobre si mesmas..…

Sincronicidade _ O que vem a ser isso?

"Quando o discípulo está pronto o mestre aparece". Esse antigo ditado chinês descreve uma idéia básica oriental, a conexão entre a psique humana e as ocorrências exteriores, o mundo interior e exterior. Alguma vez você pensou muito como resolver determinada situação, sem saber como deveria agir? E de repente teve uma intuição que deveria mudar o rumo das coisas ou o caminho a seguir, podendo ser logo depois de abrir a página de um livro que leu sem querer, ao ouvir uma conversa na fila ou após um sonho? Pensou em alguém que gostaria de falar ou encontrar e logo em seguida se encontrou ou recebeu um telefonema da pessoa que pensou? Essas situações podem se tornar comum em alguma época na vida de algumas pessoas, onde passam a acreditar que nada acontece por acaso.


Apesar de nós, ocidentais, termos muita dificuldade em entender esses eventos, muitas vezes acreditando que tudo aquilo que não pode ser percebido pelos cinco sentidos ou explicados pela razão, seja considerado de me…

Qual a diferença entre Ambição e Anseio?

A diferença entre ambição e anseio é que a ambição visa a um
objetivo, o anseio visa à fonte. Ambição significa que existe algo a se
conquistar “lá fora”. Ela depende de um objetivo, existe um motivo. Por
isso você pode ser racional no que diz respeito a ela. Pode calcular se vale
a pena atingir esse objetivo ou não. Não é uma questão de sentimento, é
algo que se calcula. Você tem que seguir em uma certa direção com
cautela: o mundo é dos espertos, todo mundo está tentando atingir o
mesmo objetivo e existe competição. Você tem que ser sagaz e inteligente,
além de muito cauteloso. Tem que ser político, diplomático.
O anseio não tem um objetivo, mas tem uma fonte. O coração
é a fonte.
Vincent van Gogh sempre pintava as árvores tão grandes que elas
iam além das estrelas. As estrelas eram pequenas, o Sol e a Lua eram
pequenos e as árvores eram imensas… Alguém perguntou a ele: “Você é
maluco? Por que nunca pára de pintar árvores tão grandes? A estrela
mais longínqua fica a milhões e milhões de anos-luz e…

Amor X Desejo

“Desejo é vontade de provar, explorar, é a sedução com a promessa de conhecer o inexplorado, é um impulso que incita a despir a integridade da pessoa desejada.
Depois do desejo satisfeito, impreterivelmente vem o vazio, vem a dissolvição do próprio desejo. Portanto, o desejo desde seu nascimento é contaminado pela vontade de morrer.
Relacionando com a ciência, o desejo é um impulso centrípeto, que degusta o ser desejado para depois se autodestruir.
O amor é, à vontade de cuidar, de preservar a pessoa amada.
Um impulso centrífugo, um impulso de expandir-se, ir além, alcançar o inatingível.
O amor é absorver, assimilar o eu e você.
Amar é contribuir para o crescimento individual e coletivo do mundo.
No amor, o eu é, pedaço por pedaço, transplantado para a pessoa amada.
O eu que ama se expande doando-se totalmente a pessoas amada.
Amar é sentir que cada átomo de você mesmo vive no corpo da sua amada.
Amar é saber que se sua amada não fosse nada, você certamente seria ninguém.
Am…

Compaixão

LIDANDO COM A SOLIDAO

A solidão é uma sensação dolorosaque nos deixa desanimados. Por isso um dos desafio da nossa vida é adquirir a capacidade de podermos ficar sozinhos e se sentir bem. Isso é ótimo. Mas sentir-se só estando sozinho ou acompanhado é angustiante.Como conseguimos estar sozinhos sem companhia e poder ficar em paz. Essa capacidade decorre do quanto nos sentimos seguros de nós mesmos do que estamos fazendo para desenvolvermos essa segurança. A solidão pode ser paralisante como pode ser também fonte de criação, de transformação. Porque a tristeza de sentir-se só, e a incapacidade momentânea de ir ao encontro do “outro”, exige que o indivíduo busque atividades mesmo que solitárias para vencer a apatia e a tristeza. Você só você consegue ficar bem sozinho no momento que você passa a gostar da melhor pessoa que pode lhe fazer companhia: você mesmo. É quando também você sente estar fazendo coisas que realmente gosta.No entanto depois de algum tempoa solidão fatalmente estimula para q…

As pessoas são anjos....

Acredito que algumas pessoas são anjos, e têm uma missão conosco. Algumas pessoas trazem sentido à nossa vida. Na vida conheci anjos que me ensinaram: A sorrir. A retribuir. A agradecer. A perdoar. Compartilhar. Dividir para multiplicar. Pensar melhor nos resultados dos meus atos. Estudar. Dar valor a tudo que tenho. Ser humilde. Esperta. Eficaz. Criativa. Comprometida. Responsável. Sonhar, sonhar e sonhar. Fazer carinho. Não ter vergonha (ainda tenho de vez em quando). Valorizar os momentos juntos. Aprender com as diferenças e conviver com elas. Não fugir na primeira dificuldade. Ver as coisas sempre pelos dois lados. Ser menos egoísta. Não valorizar tanto as coisas materiais. Ter cuidado com o que falo. Pensar no futuro, mesmo que eu não goste. Não ter medo (é tão difícil). Pensar em quem quer meu bem. Valorizar pequenos momentos. Não dizer nunca. Não prejudicar ninguém. Amar, amar e amar.Alguns desses anjos já não fazem mais parte do meu caminho, mas um pedacinho dele…

Aprendendo a lição...

- Aprendendo a lição do relâmpago:
Observe o relâmpago rasgando o véu da escuridão.
Faça o mesmo!
Rasgue a treva de seus medos.
Projete raios intensos sobra a sua própria escuridão e afaste os medos e dúvidas de sua mente e de seu coração.
O ensinamento do relâmpago é sobre o PODER DA LUZ.
O seu símbolo é o OLHO ABERTO.
O seu presente é a visão espiritual.
Aprenda a olhar.
A morada do relâmpago é no centro da cabeça.
- Aprendendo a lição do trovão:
Escute o som do trovão ribombando na atmosfera.
Sua manifestação sonora é poderosa. Sinta esse poder no centro de seu umbigo.
Escute o trovão com toda sua alma!
O ensinamento do trovão é sobre o PODER DO SOM.
A natureza invisível fala. Aprenda a ouvir.
A morada do trovão é na barriga.
- Aprendendo a lição da chuva:
A missão da chuva é limpar a atmosfera e molhar a terra.
A sua lição é simples: fluidez
O ressecamento endurece a terra e dificulta a vida dos vegetais. A chuva fluidifica o solo e equilibra as condições para o reino vegetal desen…
A fé e a esperança..O amor e a caridade...
O tempo e a verdade...Você recebe o tempo de sofrer e o tempo de sorrir.Você recebe a vida em cada manhã que desperta.Você vive recebendo e quando foi que você se viu
agradecendo?Pense nisso.

Pratique o Desapego

Pratique o Desapego

Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final. Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver. Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos. Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos que já se acabaram. As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas possam ir embora. Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se. Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos. Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará. Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo – nada é insubstituível , um hábito não é uma necessidade. Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida. Feche a porta, mude o disco, li…

NOSSOS DESTINOS

Nossos destinos são idênticos. Não há privilegiados nem deserdados.

Todos percorrem a mesma vasta carreira e, através de mil obstáculos, todos são chamados a realizar os mesmos fins.

Somos livres, é verdade, livres para acelerar ou para afrouxar a nossa marcha, livres para mergulhar em gozos grosseiros, para nos retardarmos durante vidas inteiras nas regiões inferiores;mas, cedo ou tarde, acorda o sentimento do dever, vem a dor sacudir-nos a apatia, e , forçosamente, prosseguiremos a jornada."

A MÚSICA DA VIDA (POR QUE DÓI TANTO ? )

Não há quem caminhe pelas estradas da vida sem que cruze, em algum momento, pelos caminhos da dor. Em um mundo onde as certezas são relativas, a dor é processo quase que inevitável. Algumas vezes, ela vem carregando consigo a separação de quem amamos. Outras vezes é a doença que se instala. Seja qual for sua origem, a dor vai sempre provocar momentos de reflexão e análise. Ela é o freio que a vida faz em nosso cotidiano, em nossos valores, em nossas manias mesmo, provocando o questionamento das coisas da vida e dos caminhos que percorremos.

Nesse questionamento, alguns optam pelo caminho da revolta. São os que maldizem a Deus, que se veem injustiçados, pois não mereciam. Não veem utilidade nenhuma na dor, a não ser o sofrimento pelo sofrimento. Outros utilizam a dor como aprendizado. São os que entendem os mecanismos de Deus como justos, e Deus como infinitamente amoroso para cada um de nós.

É necessário que repensemos qual o papel da dor para cada um de nós. Ela não é simples ferrament…

A Dor da perda

A DOR DA PERDA


É um caminho inevitável. Temos todos, um dia ou outro, de uma forma ou de outra (e geralmente de várias formas mesmo), que viver isso. Não porque é uma fatalidade do destino, mas porque faz parte da vida.

E cada um de nós vive, mesmo se de maneira dolorosa igual, de um jeito diferente as diferentes perdas pelas quais temos que atravessar.

A pior de todas, é quando alguém que a gente ama morre. Esse é um sentimento de perda irreparável. Um amigo não vale pelo outro, um irmão não vale pelo outro e nada no mundo poderá substituir nossos pais. Tenho uma amiga sábia que diz que "nunca somos velhos o suficiente para ficarmos órfãos." E ela tem razão. E mesmo se o tempo aplaca essa dor, sempre vai ficar dentro da gente aquele sentimento indecifrável de vazio. É a idéia do "nunca mais ver" que dói mais. E quando esta se une à idéia de não termos feito algo mais, não termos dito algo mais, ainda é pior.

Outra dor de p…