Pular para o conteúdo principal

Os Chakras

A Palavra “chakra” é derivada do sânscrito e significa “roda” ou “círculo”. Os sete chakras maiores são formados no corpo etérico (camada da aura que fica mais próxima do coropo físico), mas interagem com o resto da aura e com o corpo físico. Cinco desses chakras ficam alinhados na coluna, e os outros dois ficam entre as sobrancelhas e logo acima do topo da cabeça.

Os chakras são centrais de energia que trabalham com o corpo físico para energiza-lo e ativá-lo. Cada chakra irradia uma das cores do espectro e está ligado a uma das glândulas endócrinas. Num nível superior, eles formam uma escada espiritual que leva a iluminação. Em terapia, é muito importante trabalhar com eles, especialmente em pessoas que sofrem de problemas hormonais.

Na filosofia indiana, os chakras maiores são simbolizados por flores de lótus, cada uma com um número de pétalas.


O movimento dos chakras se dá no sentido horário e a média de rotação, assim como seu tamanho, dependem do grau de evolução e equilíbrio de uma pessoa.
Qualquer disfunção nos chakras afeta as glândulas conrrespondentes. Esse disturbio ocorre pela alteração na rotação do chakra em desequilíbrio, que passa a girar no sentido anti-horário. Além de não captar energia para aquela região, a corrente energética flui para fora do corpo, pelo próprio chakra.
Através dos chakras podemos detectar desequilíbrios de qualquer parte do circuito e equilibrá-los. Esse trabalho poderá ser feito com os cristais, as cores e as mãos, juntos ou em separado.

Chakras - Descrições



PRIMEIRO CHAKRA — BÁSICO (MULADHARA)
Localização: Chakra da base ou sexual, raiz, centro do osso púbico. Altura dos orgãos genitais (órgãos reprodutores).
Cores: preto, vermelho, fumê.
Características: Traz o indivíduo para a realidade, ajuda na concentração, capacidade de realizar, energia física, "pique", capacidade de criar, sexualidade, agressividade, raiva, capacidade de ação, ligação com qualquer tipo de raiz. Desbloqueia a energia e ajuda a derreter o isolamento
Sintomas de excesso de vermelho: febre, excesso de agressividade, de atividade física, de trabalho, sexualidade descontrolada.
Antídoto: verde ou azul.
Sintomas da falta do vermelho: desânimo, estafa, frigidez, falta de iniciativa, falta de atitude.
Área física: sangue, coluna, sistema nervoso, órgãos genitais, ânus, glândulas endócrinas.

Pedras: No primeiro chakra pode-se utilizar da cor vermelha, preta, e o fumê entre os pés, ou sob os pés, simultaneamente. As pedras pretas só devem ser utilizadas se tiverem veios na sua formação estrutural (como a turmalina) ou riscos de cor, nunca use a cor preta lisa, porque ela rebate a energia negativa, devolvendo-a ao ambiente. Já as pedras que tem “caminhos”, captam a energia negativa e agem como um transformador, devolvendo-as ao ambiente como energias positivas, recicladas. Para não se ter um excesso de vermelho nesse chakra, usamos o azul ou violeta juntamente com o vermelho. Turmalina preta, quartzo fumê (cinza ou marrom), rubi, rubilita - não é inteiramente vermelha mas contém muitos pegmentos vermelhos, granada vermelha - estimula a concretização. Muitas pedras vermelhas são pintadas, portanto cuidado.
Outras pedras: obsidiana, ônix preto, pirita, hematita, rodonita, granada.Aroma: Cravo.


SEGUNDO CHAKRA — UMBILICAL (SUADHISHTHANA)
Localização: Aproximadamente três dedos abaixo do umbigo.
Cor: laranja, vermelho, pode ser usado multicolorido com predominância do amarelo.
Características: Reduz a depressão, fortalece a autoconfiança, reequilibra a área renal, intestinal e sexual, capacidade de fazer amigos, estabelecer relações emocionais, modo de encarar o cotidiano, liberação da criatividade através da emoção, herança familiar na expressão emocional, sexualidade, alta procriação da alma. Enfatiza a energia sexual. Ajuda a integrar o sexual com o espiritual durante o sexo.

Área física: pele, glândulas mamárias, ovários, rins, próstata, testículos, órgãos reprodutores.
Sintomas da falta do laranja: cólicas de intestino ou rins, intestino preso ou solto.
Pedras: Ágata, calcita laranja, quartzo laranja, citrino marrom ou dourado, âmbar, rubi, granada, cornalina.
Aroma: Sândalo.



TERCEIRO CHAKRA — PLEXO SOLAR (MANIPURA)
Localização: Na altura do estômago, cavidade abdominal.
Glândula: supra-renais.
Cor: amarelo, dourado, laranja.
Características: Ameniza distúrbios digestivos e promove alegria. Consciência do ser e do querer, autocontrole, realização de desejos, felicidade, alegria de viver, progresso material, afirmação do ego, poder pessoal, sabedoria, prosperidade, assimilação de experiências. Confiança e calor. Ajuda na intuição e escolher as coisas certas. Dá alegria e é vitalizante.
Área física: digestão, respiração, diafragma, dilatação, contração, veias, adrenalina, pele, estômago, duodeno, pâncreas, úlcera, gastrite, asma, alergia, câncer.
Sintomas da falta de amarelo: pessoas que não estão de bem com a vida.
Pedras: Citrino amarelo, diamante amarelo, topázio, malaquita, peridoto, apatita, enxofre, calcita.
Aroma: Âmbar e Alecrim.



QUARTO CHAKRA — CARDÍACO (ANAHATA)
Localização: Centro do peito, cavidade torácica, entre os mamilos, na direção do coração.
Glândula: Timo.
Cor: rosa, verde e dourado.
Características: Gera calor suavemente, alivia a tensão e desatmoniza, equilibra as emoções, liberação de trauma emocionalmente reprimido, consciência alma/coração, expressão do amor em ações, amar a si próprio e aos outros, auto-estima, auto-valorização, afetividade, mágoas, carências, coração. Trata as feridas do coração e transforma o amor em amor incondicional. Auxilia também os sentidos.
Área física: coração, sistema imunológico, gânglios linfáticos, timo, costela, pulmões.
Pedras: Quartzo rosa, turmalina rosa, rodocrosita, jade rosa, quartzo verde, esmeralda, turmalina verde, aventurina, peridoto, malaquita, dioptásio, kunzita, morgonita, pedra-da-lua, opala.
Aroma: Rosa.


QUINTO CHAKRA — LARÍNGEO (VISHUDDHA)
Localização: pescoço, na altura da garganta ou da nuca.
Glândulas: tiróide e paratiróide.
Cor: azul, azul-celeste, turquesa, prateado, verde e azul claro.
Características: Aumenta a expressão verbal, ameniza a dor de cabeça, acalma a febre, comunicação, expressão, harmonia nas áreas material, emocional e mental, capacidade de verbalização e expresso da verdade. Lucidez e expansão. Ajuda a contactar com a intuição e inspiração.
Área física: No meio da garganta, tiróide, nervos, ouvidos, músculos tensos nestas áreas, paratiróide.
Pedras: Turquesa, todas as pedras de tom azul ou cristal branco biterminado (de duas pontas), água marinha, turmalina azul, sílica-gema, crisocola, celestita (celestina), amazonita, ágata azul rendada.
Aroma: Eucalipto.



SEXTO CHAKRA — FRONTAL ou 3º OLHO (AJNA)
Localização: terceiro olho, entre as sobrancelhas, testa.
Cor: violeta, azul, branca, índigo, roxo.
Características: Supera a dor física, liga o homem à espiritualidade, acalma a mente, ver com clareza mental e espiritual, intuição, contato com energias do campo astral, clarividência, harmonia entre o ser humano e o ser superior, estado mental equilibrado, devoção. Desbloqueia o terceiro olho, solta velhos padrões de pensamento e melhora a concentração.
Área física: glândula pituitária, cérebro, ouvido, olhos, nariz, centros cerebrais superiores.
Pedras: Ametista, turmalina, fluorita, cianita, lápis-lazúli, sodalita, água-marinha, azurita, safira, sugilita.
Aroma: Menta e Jasmim.



SÉTIMO CHAKRA — CORONÁRIO (SAHASRATA)
Localização: coroa ou coronário, no topo da cabeça.
Cor: Branca, violeta, dourada, límpido.
Características: Equilíbrio e iluminação, favorece a clareza em geral, compreende todo o espectro das cores, fortalece o corpo e a mente como um todo, realização total, consciência plena, total sintonia com as energias cósmicas, perfeita plenitude, espiritualização e iluminação, unidade com Deus, paz e sabedoria.
Área física: cérebro, sistema nervoso, glândula pineal, cegueira, caspa, enxaqueca, aliviar tensão, relaxar.
Pedras: Quartzo branco, cristais de quartzo, pérola, calcita, ametista, quartzo branco ou fumê rutilados - o branco diretamente sobre o chakra e o fumê deve ser colocado no ambiente ou na mão, sempre abaixo da cintura. Trabalhar em conjunto com as cores amarela, laranja, preta ou fumê, diamante, selenita, topázio verde, heliodoro.
Aroma: Lótus e Mirra.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

12 maneiras de jogar energia fora...

Por mais que existam pessoas desequilibradas e difíceis nós é que somos responsáveis pelas nossas energias e cabe a cada um de nós preservá-la e administrá-la da melhor forma possível. Existem “receitinhas”, orações, banhos, cristais e um arsenal de proteção, que são válidos e eficientes até um certo ponto. Porque aquele que não assume a responsabilidade por suas venturas e desventuras sempre estará vulnerável às energias ao seu redor. Sabe por que o outro rouba a sua energia? Porque você deixa a porta aberta!!! E depois ainda diz que a culpa é do outro… Para ajudar a refletir, fiz uma listagem de doze atitudes (e olhe que a lista é imensa!) que gastam uma tremenda energia vital. Uma vez desvitalizado e sem proteção fica fácil para qualquer um chegar perto e perturbar seu equilíbrio. Use esta listagem também para pensar porque a prosperidade às vezes passa longe de você. A energia que seria usada para atrair o bem, a felicidade, o amor, o dinheiro acaba sendo gasta de …

Agradecer sempre!!!

Você sabia que o Universo se comunica conosco o tempo todo e nos envia respostas, mensagens e sinais, de acordo com nossos desejos e necessidades? Estes sinais se manifestam através do fenômeno que conhecemos como sincronicidade, ou seja, no momento em que você necessita de algo, ou de que alguma situação aconteça, aquilo se manifesta repentinamente em sua vida. Mas eles não se apresentam somente com soluções grandiosas ou espetaculares. Manifestam-se igualmente nos acontecimentos rotineiros. A prova incontestável de que você está vivendo e atuando numa parceria harmoniosa com a vida, é a presença destas sincronicidades em seu dia-a-dia. Para percebê-las, é necessário que você esteja atenta e consciente de que o Universo sempre responde, de alguma forma, a todos os seus pedidos. Se você vinha recebendo estes presentes e, de repente, eles pararam de acontecer, saiba que algo saiu do eixo em seu plano de vida..... É indício de que você se deixou perturbar por alguma forma de negativida…

עילי בוטנר ורן דנקר - בואי נעזוב