O perigo de julgar os outros



Uma pessoa quando está apaixonada até acha graça em características da pessoa amada que outros consideram como defeitos. Todavia, muitas vezes, com o desgaste do convívio rotineiro pode ser que nasçam sentimentos de aversão, que degenerem até em raiva e ódio, e os cônjuges, antes apaixonados, começam a diagnosticar um monte de defeitos um no outro, transformando o diálogo romântico em troca de acusações, o que pode degenerar em separação e divórcio. O interessante é que nenhum dos parceiros mudou, mas, sim, o que mudou foi a atitude mental de quem observa... A postura mental, antes sob a égide da paixão, passou a modificar-se com o desgaste da rotina do convívio, no dia a dia, e o que antes era bem passou a ser mal.

Ao conviver e observar as outras pessoas, devemos pensar que os outros estão a ser observados segundo a nossa postura mental, segundo as nossas crenças e valores, que podem não ser os mesmos de quem consideramos falhos e defeituosos. Por isso, devemos sempre repensar o nosso “critério do bem e do mal” antes de julgarmos alguém, porque esse conceito pode ser muito subjetivo. Assim, quando alguém diz “ele é ruim” pode querer dizer “ele é inconveniente para mim, porque não satisfaz o meu ego”; ao dizer “o meu filho é rebelde”, pode significar “ele não satisfaz a minha soberana vontade”, quando com um pouco mais de humildade poderia ser “nunca tomo tempo para perguntar ao meu filho o que ele acha ser melhor para o desenvolvimento dele”, o que o faria refletir sobre os problemas que ele mesmo teria que resolver.. Enfim, o mesmo serve para qualquer outra pessoa, marido, esposa, amigo, colega de trabalho, etc.

O critério de bem e mal deve estar baseado na “Ética dos Princípios”, divinamente embasados, e não na “Ética de Resultados”, melhores para mim. De qualquer modo, antes de julgar alguém, cultivemos o hábito de não ver a pessoa a partir da nossa posição, mas colocando-nos no lugar dela... É bom experimentar calçar os sapatos do outro, embora eles possam não servir para mim!

Comentários

Postagens mais visitadas